Influência do corte da semente no desenvolvimento inicial do feijão submetido ao herbicida saflufenacil em pré-emergência

Matheus Viecelli, Antônio Pedro Bruzzamarelo, Helis Marina Salomão, Fortunato De Bortolli Pagnoncelli Junior, Michelangelo Muzell Trezzi

Resumo


O número limitado de herbicidas registrados para o feijão em parte é devido à elevada sensibilidade da cultura e ao limitado investimento em pesquisa nessa cultura. O herbicida saflufenacil aplicado em pré-emergência apresenta seletividade diferencial a cultivares de feijão e a morte de plântulas de cultivares sensíveis pode comprometer a coleta de material vegetal, após a emergência, necessário para análises. O presente estudo objetivou avaliar a influência da retirada de parte da semente no desenvolvimento inicial do feijão submetido ou não ao saflufenacil em pré-emergência. Foram realizados dois experimentos, o primeiro com cultivar tolerante (BRSMG Talismã) e o segundo com cultivar sensível (IAC Milênio). Os experimentos foram conduzidos em DIC, com três repetições, sendo os tratamentos com e sem corte de semente e com e sem herbicida. O corte foi feito para remover 1/3 da semente no lado oposto ao embrião. Imediatamente após a semeadura, saflufenacil (8 g ha-1) foi aplicado em pré-emergência, utilizando-se pulverizador costal pressurizado a CO2 com volume de calda de 200 L ha-1. Aos 20 dias após aplicação, as plantas foram cortadas rente ao solo e secas em estufa a 60 °C, para determinar a massa seca da parte aérea (MSPA). Os dados foram submetidos à ANOVA (p≤0,05) e as médias comparadas por Tukey (p≤0,05). A remoção de parte da semente resultou em menor reserva para o desenvolvimento da planta, comprometendo o desenvolvimento inicial. Na cultivar tolerante, o corte das sementes reduziu a MSPA em 68% e 57,3% em relação à testemunha, na ausência e na presença do herbicida, respectivamente. Comportamento similar ocorreu na cultivar sensível, em que a MSPA foi reduzida em 86,3% e 53,4%, nos tratamentos sem e com herbicida, respectivamente. Portanto, o corte da semente de feijão influencia negativamente o desenvolvimento das plantas, inviabilizando a utilização de parte da semente para análises laboratoriais.


Palavras-chave


Phaseolus vulgaris, tolerância, enzima PROTOX.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.