Níveis de antibiose à lagarta-militar em genótipos de feijão-caupi

Eduardo Neves Costa, Bruna Moura Dias Evangelista, Marcos Gino Fernandes

Resumo


O feijão-caupi é uma das principais fontes de renda e alimento para as populações das regiões Norte e Nordeste do Brasil. A lagarta-militar, Spodoptera frugiperda é uma das principais pragas desta cultura, causando perdas na produção em qualquer fase de desenvolvimento. Este estudo teve como objetivo avaliar se cultivares comerciais e variedades crioulas de feijão-caupi expressam antibiose à praga. Entre os seis genótipos de feijão-caupi estudados, quatro são cultivares comerciais desenvolvidas pela Embrapa, quais sejam BRS Tapahium, BRS Tucumaque, Fradinho, e Miranda, e os outros dois são variedades crioulas, Juti e Nioaque. Lagartas neonatas (< 24 h) foram acondicionadas em recipientes plásticos, e seções foliares de um dos genótipos de feijão-caupi foram oferecidos diariamente. A partir do sétimo dia, as lagartas foram individualizadas, ou seja, manteve-se apenas uma lagarta por recipiente. Os efeitos dos genótipos de feijão-caupi foram observados no desenvolvimento, na sobrevivência, e na capacidade reprodutiva do inseto. Dos seis genótipos, as duas variedades crioulas foram as mais resistentes à lagarta-militar. A variedade crioula Juti reduziu o peso e a sobrevivência larval, e nenhuma lagarta passou à fase pupal. A variedade crioula Nioaque adversamente afetou o peso larval e pupal, o período de desenvolvimento de larva a pupa, a emergência de adultos, e o período de desenvolvimento de larva a adulto. A cultivar fradinho foi classificada como moderadamente resistente por reduzir o peso larval e pupal, e atrasar o período de desenvolvimento de larva a pupa. A cultivar Miranda foi suscetível ao considerar o crescimento e sobrevivência da praga; no entanto, fêmeas criadas nesta cultivar colocaram um menor número de ovos. Os genótipos resistentes (especialmente as variedades crioulas) são promissores para futuros programas de melhoramento vegetal, com o objetivo de desenvolver cultivares resistentes à lagarta-militar.

Palavras-chave


Vigna unguiculata L., Spodoptera frugiperda, resistência de plantas, MIP, resistência nativa.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.