Incidência de fungos em sementes de mamona (Ricinus communis) cultivadas no município de Vitória da Conquista - BA

Geovana Brito Queiroz, Gabriela Leite Silva, Evanildo de Jesus Araújo, Ramon Soares da Mata, Ingrid Thalia Prado de Castro, Mariana Novais Antunes

Resumo


A mamona (Ricinus communis) da família Euphorbiaceae é uma das espécies que se destaca para a produção de óleo. Suas sementes podem disseminar patógenos e servem de fonte de inóculo para campos de produção. Fungos de sementes são transmitidos para as plântulas, estabelecendo-se no campo com muita rapidez reduzindo a qualidade e produtividade das culturas. O tratamento químico de sementes constitui um importante aliado para a sanidade de sementes de muitas culturas agronômicas. O objetivo desse estudo foi avaliar a eficiência da desinfestação química na incidência de fungos associados a sementes de mamona, produzidas no município de Vitória da Conquista, Bahia. Para isso, foram testadas 150 sementes de mamona pelo método Blottertest, que consiste em dispor as sementes sobre três folhas de papel filtro, previamente umedecido com água destilada e autoclavada, em placas de petri e incubação em câmara de germinação a 25 ºC, por 10 dias, com fotoperíodo de 12h. Os tratamentos utilizados foram sementes desinfestadas e não desinfestadas, utilizando 75 sementes em cada tratamento, com 5 repetições de 15 sementes. A desinfestação das sementes consistiu na imersão destas por um minuto em solução de álcool a 70%, um minuto em solução de hipoclorito de sódio a 1% e um minuto em água destilada e autoclavada, para remoção do resíduo do hipoclorito de sódio. Os fungos associados às sementes de mamona, identificados em nível de gênero  foram Aspergilus sp. e Penicilium sp. Na qual estiveram presentes nos tratamentos com e sem desinfestação e  apresentaram 100% da incidência de fungos, porém neste último com níveis bem maiores. O tratamento químico com desinfestação não se mostrou eficiente nesse estudo.


Palavras-chave


controle químico, sanidade de sementes, tratamento de sementes, fitossanidade.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.