Caracterização de grupos de metabólitos secundários de Avena strigosa potenciais para o controle de plantas daninhas

Eduardo Augusto de Melo, João Rafael De Conte Carvalho de Alencar, Matheus Puton, Marina Aparecida Viana de Alencar

Resumo


Planta daninha é qualquer planta que cresce e se desenvolve onde não é desejada, elas ocorrem em sistemas de monocultura que além de disputarem água, CO2, espaço, radiação solar e nutrientes, servem como hospedeiras para pragas e doenças. É notório que plantas daninhas possuem vantagens sobre as plantas cultivadas, isso se explica pelo fato do melhoramento genético ter removido as características de agressividade das plantas cultivadas em detrimento de produção. A aveia preta, Avena strigosa é uma cultura a qual possui incidência muito pequena de plantas invasoras, isso é devido ao potencial efeito alelopático que este vegetal possui. O efeito alelopático é produzido por metabólitos secundários, como por exemplo os flavonoides, cumarinas, saponianas, taninos e alcaloides, que originam compostos como o sorgoleone, o ácido quinolíníco e a benzoxazinona. O trabalho foi realizado com uso de extratos aplicados em uso de tratamento de sementes em germtest. Os extratos são das raízes, ponteiro, caule/folhas. Foi caracterizado a presença de flavonoides em raízes, ponteiro e caule/folhas. Também saponinas em raízes, ponteiro e caule/folhas. Houve a presença taninos em ponteiro e caule/folhas. Não houve presença de alcaloides em nenhum dos extratos. O metabolismo secundário origina compostos que não possuem uma distribuição universal, pois não são necessários para todas as plantas. Ele desempenha um papel importante na interação das plantas com o meio ambiente. Produtos secundários possuem um papel contra herbivoria, ataque de patógenos, competição entre plantas, atração de organismos benéficos e ação protetora em relação a estresses abióticos.

Palavras-chave


alelopatia, plantas invasoras, competição, aveia-preta.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.