Sobrevivência dos estágios imaturos de Spodoptera eridania (Cramer, 1872) (Lepidoptera: Noctuidae) em diferentes temperaturas

Fabio Sampaio, Flávia da Silva Krechemer, César Augusto Marchioro

Resumo


A Spodoptera eridania (Cramer, 1872), ou lagarta-das-vagens, é uma praga polífaga que causa danos em culturas de importância econômica. Uma vez que a temperatura é considerada o principal fator abiótico que influencia a biologia dos insetos, o estudo sobre a sobrevivência de S. eridania em diferentes temperaturas pode colaborar no desenvolvimento de estratégias de manejo para a espécie. Nesse contexto, este trabalho teve como objetivo avaliar a sobrevivência dos estágios imaturos de S. eridania nas temperaturas constantes de 15, 20, 25, 28, e 32±1ºC. Para isso foram individualizadas 150 lagartas alimentadas com folhas de brócolis (Brassica oleracea var. italica) em cada uma das temperaturas avaliadas. A troca de alimento, o registro da sobrevivência e do estágio de desenvolvimento foram realizados diariamente. Para avaliar a porcentagem de eclosão da fase de ovo, foram individualizados 220 ovos nas mesmas temperaturas. Curvas de sobrevivência foram construídas para os estágios larval e pupal e comparadas com o método não paramétrico de Kaplan-Meier. A sobrevivência dos estágios imaturos foi superior a 25 °C e inferior a 32° C. Na fase de ovo, houve eclosão de 66,4% a 25 °C contra 7,7% a 32 °C. Na fase larval a sobrevivência foi de 84,0% e 28,7% a 25 °C e 32°C, respectivamente.  No estágio de pupa, 88,9% dos indivíduos sobreviveram a 25 °C, contra 37,2% a 32 °C. A porcentagem de sobrevivência no ciclo foi de 19,3, 32,0, 74,7, 24,0 e 10,7% a 15, 20, 25, 28 e 32 °C, respectivamente. A análise de sobrevivência realizada com o teste de Kaplan-Meier demonstrou que as diferenças entre as sobrevivências das temperaturas avaliadas foram significativas (χ² = 126,9; p < 0,01). Os resultados demonstram que a temperatura influencia significativamente a sobrevivência de S. eridania, sendo que 25 °C é a temperatura mais adequada para o desenvolvimento da espécie. Esses dados podem ser úteis na compreensão das diferenças na incidência da espécie em regiões com condições climáticas distintas.

Palavras-chave


análise de sobrevivência, lagarta-das-vagens, inseto-praga.

Texto completo:

PDF

Referências


CAPINERA, J, L. University of Florida. Southern armyworm, Spodoptera eridania (Cramer) (Insecta: Lepidoptera: Noctuidae). Florida, 2011.

KAPLAN, E, L. MEIER, P. Nonparametric estimation from incomplete observations. Journal of the American Statistical Assocciationn, v. 53, p. 457–481, 1958.

MARCHIORO, C, A. KRECHEMER, F, S. FOERSTER L, A. Estimating the development rate of the tomato leaf miner Tuta absoluta (Lepidoptera: Gelechiidae) using linear and non-linear models. Pest Management Science, v. 73, p. 1486-1493, 2017.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.