Impacto de agrotóxicos na fase de ovo do parasitoide Telenomus podisi (Hymenoptera: Platygastridae)

Mikael Bolke Araújo, Ronaldo Zantedeschi, Franciele Silva de Armas, Anderson Dionei Grützmacher

Resumo


O percevejo-marrom-da-soja (Euschistus heros) é um dos principais insetos-pragas responsáveis pela redução da produtividade na cultura. Telenomus podisi é um parasitoide eficiente na supressão de ovos de E. heros. Para o controle da praga e de doenças na cultura da soja são normalmente utilizados agrotóxicos que podem afetar de alguma forma organismos não alvo como o parasitoide de ovos, T. podisi. Objetivou-se avaliar o efeito de quatro agrotóxicos no parasitismo e na emergência de T. podisi em ovos pré-parasitados de E. heros. O experimento foi conduzido no Laboratório de Manejo Integrado de Pragas (LabMIP), na UFPel. Cinco tratamentos foram estabelecidos com oito repetições cada: T1 - testemunha (água destilada); T2 - trifloxistrobina + protioconazol (Fox® SC); T3 - azoxistrobina + benzovindiflupir (Elatus® WG); T4 - flubendiamida (Belt® SC); T5 - imidacloprido + beta-ciflutrina (Connect® SC). Foram preparados 40 cartões de cartolina e separados 25 ovos de E. heros por cartão, fixados com goma arábica. Esses cartões foram individualizados em tubos de vidro (2,4 x 8,0 cm) com uma fêmea de T. podisiem cada tubo por 24 horas. Após esse período, foi preparada a calda de cada produto de acordo com a dose recomendada, os cartões com ovos já parasitados foram imersos por cinco segundos na calda e postos a secagem natural. Depois de secos, os cartões foram novamente individualizados nos respectivos tubos para a emergência dos parasitoides. Foi realizada a contagem do número de ovos parasitados e de parasitoides emergidos, seguidos pelo teste de significância (ANOVA) e do ranqueamento das médias pelo teste de Tukey a 5%. O número de ovos parasitados não diferiu significativamente entre os tratamentos. A taxa de emergência foi menor nos T5 e T3, com 7,7% e 57,7%, respectivamente. Conclui-se que o inseticida imidacloprido + beta-ciflutrina afeta a emergência de T. podisi, e por isso deve ser evitado quando em associação com o controle biológico de percevejos fitófagos.

Palavras-chave


controle biológico, controle químico, percevejo, pesticidas, seletividade.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.