Patologia de grãos de milho na Companhia Nacional de Abastecimento – CONAB

Samantha Santos Vieira, Cinthya Veras de Aguiar, Lucas Gouveia da Silva, Claudio Belmino Maia

Resumo


O milho é o cereal mais cultivado no Brasil e é a cultura que ocupa maior área cultivada dentre as plantas. Os meios em que mais se disseminam patógenos a distâncias acentuadas e que são introduzidas em novas áreas de cultivo do milho é a semente. O grau de danos causados pelos patógenos às sementes depende de fatores abióticos, como danos mecânicos causados principalmente no momento da colheita, secagem e beneficiamento e no armazenamento. Assim, o objetivo principal deste trabalho foi quantificar a incidência de patógenos nos grãos de milho armazenados, utilizando métodos baseados em experimentos conduzidos no laboratório de fitopatologia da instituição. Os grãos utilizados foram da unidade de abastecimento da CONAB SUREG do estado do Maranhão, sendo 16 tratamentos, coletados três amostras de três lotes de todo o milho armazenado. Para o início das análises, as sementes foram colocadas em placas de acrílico do tipo “gerbox”, forradas com papel filme esterilizado e umedecidos com água destilada, em meio BDA. Dentro de uma câmara germicida com luz UV, para não conter infecção de patógenos que não seriam propícios a pesquisa, foi feita a disposição dos grãos nas placas de Petri, sendo 25 grãos em fileiras de cinco por cinco em 16 placas, totalizando 400 grãos de milho para análise.  Três lotes foram analisados, sendo um deles diferenciado com o tratamento testemunho de assepsia. Como resultado dos 2 primeiros lotes, os fungos Aspergillus, Penicillium e Fusarium foram os que se mostraram presentes nos tratamentos com assepsia, com 100% de contaminação, sendo o Aspergillus que apareceu com mais frequência e em maior desenvolvimento, enquanto no tratamento testemunho, o índice de contaminação chegou a 20% dos grãos. Conclui-se que o tratamento de grãos se mostra como uma importante medida para preservação da qualidade e prevenção na disseminação de fitopatógenos.


Palavras-chave


patógeno, contaminação, milho.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.