Trocas gasosas e biometria de plantas de feijão-caupi submetidas à aplicação da mistura de fluazifop-p-butil e fertilizante foliar

Treyce Stephane Cristo Tavares, Érica Coutinho David, Francisco Ronaldo Cardoso da Silva, Gabriel da Silva Vasconcelos, Nayara Ferreira Barros da Silva, Rafael Gomes Viana

Resumo


O feijão-caupi (Vigna unguiculata) é uma cultura importante nas regiões Norte e Nordeste do Brasil. Um dos maiores problemas na sua produção decorre da interferência de plantas daninhas e da adubação. As misturas de herbicida e fertilizante foliar podem promover economia e maior rendimento operacional na aplicação. Porém, podem provocar danos quando as misturas são incompatíveis. Objetivou-se avaliar as trocas gasosas e a biometria de plantas de feijão-caupi submetidas a aplicação da mistura de fluazifop-p-butil e fertilizante foliar. O experimento foi realizado em casa-de-vegetação, em delineamento experiental inteiramente casualizado, com três tratamentos e cinco repetições. Utilizou-se vasos de 5 L, mantendo-se uma planta por vaso após o estádio V2. Em V4 foram aplicados: fluazifop-p-butil (250 g de ingrediente ativo ha-1), fertilizante mineral misto Avant C3 (1 L ha-1), fluazifop-p-butil + Avant C3 (250 g de ingrediente ativo ha-1 + 1 L ha-1), mantendo-se uma testemunha sem aplicação. Em V11, as plantas foram submetidas a análise de trocas gasosas (assimilação de CO2, transpiração - Trmmol; e condutância estomática - gs) com analisador de gás no infravermelho (LICOR LI-6400XT) em níveis constantes de luz (1000 μmol m-2 s-1) e CO2 (400 μmol). Também foi mensurada área foliar com integralizador de área foliar (LAI-3000), massa seca de parte aérea e massa seca de raiz, bem como o percentual de intoxicação das plantas (avaliação visual). Não houve diferença entre os tratamentos para Trmmol e gs. A assimilação de CO2 foi maior que a testemunha nos tratamentos que continham o fertilizante Avant C3. Nenhum parâmetro biométrico apresentou diferença entre os tratamentos. Não foi observado danos quanto intoxicação das plantas em todos os tratamentos avaliados, havendo, portanto, compatibilidade da mistura quanto a aplicação em mistura de fluazifop-p-butil e o fertilizante Avant C3. Conclui-se que as misturas de fluazifop-p-butil + fertilizante Avant C3 são compatíveis a aplicação em feijão-caupi e há interferência positiva dos tratamentos com fertilizante na taxa de assimilação de CO2.

Palavras-chave


Vigna unguiculata, mistura em tanque, compatibilidade, fitointoxicação.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.