Efeito de produtos químico, biológico e extrato de planta, aplicados no substrato de oviposição, em ovos de Plutella xylostella

Claudiane Martins da Rocha, Lucas Adjuto Ulhoa, Natalia Fernanda Vieira, Caio Cezar Truzi, Joice Mendonça de Souza, Sergio Antônio de Bortoli

Resumo


Plutella xylostella (L.) (Lepidoptera: Plutellidae), considerada a principal praga de espécies do gênero Brassica em todo o mundo, causa vultosos prejuízos praticamente durante todo o ano, sendo seu controle realizado, principalmente, por meio de inseticidas químicos. Trabalhos que avaliem a influência de diferentes grupos de compostos em ovos e na oviposição do inseto são importantes para o manejo da praga. Assim, o objetivo deste trabalho foi avaliar o efeito do extrato de Piper cubeba (1,90 mL 200 mL-1 de água), de Bacillus thuringiensis var. kurstaki (0,12 g 200 mL-1 de água) e de cyantraniliprole (0,025 mL 200 mL-1 de água), quando aplicados no substrato de oposição, discos de folha de couve. Para tanto, discos de 5 cm de diâmetro foram imersos por 5 segundos nos respectivos tratamentos e utilizados como substrato para a oviposição, com os testes realizados em gaiolas cilíndricas de plástico transparente (15 cm de altura X 13 cm de diâmetro). Os adultos empregados no bioensaio foram provenientes da população Bt resistente a HD1 mantida em laboratório, utilizando-se um casal recém-emergido por gaiola (repetição). Os discos das gaiolas de oviposição foram trocados diariamente, durante os quatro primeiros dias, e acondicionados em placas de Petri de 9 cm de diâmetro, para a avaliação do número e da viabilidade dos ovos. O delineamento experimental foi inteiramente casualizado, com cinco repetições, sendo as médias dos tratamentos comparadas pelo teste de Kruskal-Wallis (5% de probabilidade). O tratamento dos discos com o extrato de P. cubeba provocou fitotoxicidade, bem como morte dos adultos após 24 horas, não ocorrendo, nessas condições, oviposição. Em relação aos outros dois tratamentos, a menor viabilidade dos ovos foi obtida com cyantraniliprole (56,9%), seguido pelo Bt (96,4%), que não diferiu da testemunha (97,2%),com os totais de ovos colocados sendo 67, 183 e 146, respectivamente para cyantranipole, Bt e testemunha.

Palavras-chave


traça-das-crucíferas, efeito ovicida, Bacillus thuringiensis, Cyantraniliprole, Piper cubeba.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.