Potencial de biocontrole de um isolado bacteriano e modo de ação contra a tuberculose-da-oliveira

José Mendes dos Santos Júnior, Diogo Mina, José Alberto Pereira, Paula Baptista, Tatiana Tozzi Martins Souza Rodrigues

Resumo


A tuberculose-da-oliveira, (Pseudomonas savastanoi pv. savastanoi Pss), é uma das principais doenças da oliveira (Olea europaea L.) em Portugal, produzindo nódulos no tronco e ramos jovens causando a morte da planta. Destaca-se a necessidade de alternativas ao controle químico, em virtude do seu custo e impactos ambientais. Assim, objetivou-se determinar o potencial de biocontrole da bactéria Bacillus En40 a Pss por meio da produção de compostos voláteis, enzimas líticas e redução da severidade da doença em mudas de oliveira. O experimento foi realizado no Laboratório de Agrobiotecnologia no Instituto Politécnico de Bragança, Portugal. A antibiose, in vitro, foi verificada pelo método de culturas pareadas em placas de Petri com meio Luria-Bertani. Os compostos voláteis foram avaliados pelo crescimento do patógeno pareado na mesma placa do antagonista. Para as enzimas líticas, integraram-se ao meio, os seus respectivos substratos (tween-20 para avaliação de lipase e gelatina para protease), medindo-se o halo de inibição ao fim de 14 dias. No experimento in vivo, em mudas da cv. Cobrançosa, inoculou-se a Pss isoladamente, ou em conjunto com o Bacillus, com cinco repetições/tratamento. Após 30 dias, avaliou-se o peso do nódulo formado. Os dados foram submetidos à análise de variância (ANOVA) e teste de Tukey. Observou-se redução significativa (p<0,05) no crescimento (55,63%) e na produção de lipases (67,15%) pela Pss. Os compostos voláteis produzidos pelo Bacillus contribuíram na diminuição significativa (p<0,05) do crescimento da Pss. Nas mudas inoculadas com o Bacillus, verificou-se redução significativa (p<0,05) no tamanho, cerca de 30%, e desenvolvimento dos nódulos. Esses resultados evidenciam a capacidade de controle biológico do Bacillus En40, visto que modifica a produção de enzimas líticas pela fitobactéria, seja em detrimento da síntese de compostos voláteis ou outros aparatos bioquímicos que devem ser estudados a posteriori.

Palavras-chave


antibiose, controle biológico, nódulo, Pseudomonas savastanoi pv. savastanoi.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.