Macrofauna de morangueiro sob sistema de cultivo convencional

Letícia Tamara Maleski, Michele Trombin de Souza, Mirele Trombin de Souza, Lucas Kussek Aguiar, Bruna Caroline Durau, Maria Aparecida Cassilha Zawadneak

Resumo


O conhecimento da comunidade faunística é fundamental para estabelecer a dinâmica ecológica dos sistemas agrícolas. Sabendo disso, o método de armadilha é, dentre as técnicas de amostragem, o mais robusto para realizar o levantamento das espécies. Aqui, realizamos a análise faunística da comunidade de macro-organismos presentes em morangueiro ‘San Andreas’ sob cultivo convencional, em São José dos Pinhais, PR (25°34'08.0"S; 49°06'17.4"W). O estudo foi realizado em janeiro de 2019 e para amostragem foram utilizadas armadilhas do tipo pitfall coloridas (amarela, azul, branca, preta ou vermelha) contendo iscas atrativas (água, cerveja, leite ou suco de morango). As armadilhas foram colocadas entre plantas, ao nível do solo e distanciadas 2,5 m entre si. As iscas eram renovadas a cada três dias e os espécimes coletados eram armazenados em frascos com álcool 70%. No laboratório, eram triados e os espécimes identificados e contados. O delineamento foi inteiramente casualizado com 20 tratamentos (cores × iscas) em quatro repetições. Foram capturados 3.478 macro-organismos distribuídos em aracnídeos (1,6%), moluscos (1,7%) e insetos (96,7%). Na classe Insecta foram capturadas 10 famílias, havendo um predominio de Rhyparochromidae (21,2%), Nitidulidae (28,3%) e Formicidae (31,3%). Enquanto os predadores da família Geocoridae (0,4%) foram menos abundantes. Observou-se que a diversidade obtida pelo Índice Shannon-Weaver (H’) foi baixa para armadilha azul e seus atrativos (0,56 a 0,84), e para as demais o índice H’ foi intermediário (0,85) a alto (1,65) sem predomínio de cores e iscas. A composição faunística de macro-organismos analisada pelo coeficiente de Sorensen (Cs) apresentou média (Cs: 0,14 a 0,67) e alta similaridade (Cs: 0,70 a 1), exceto para interação azul suco e azul água (Cs: 0). A comunidade de macro-organismos de morangueiro é coletada de forma eficiente por armadilhas pitfall coloridas e iscadas.


Palavras-chave


iscas atrativas, armadilha pitfall, Formicidae, Nitidulidae, Rhyparochromidae.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.