Novos registros de predadores de pseudococcídeos em café arábica na região da Alta Mogiana Paulista

Hágabo Honorato de Paulo, Ana Lúcia Benfatti Gonzalez Peronti, Caleb Califre Martins, Julissa Melissa Churata Salcedo, Lucia Massutti de Almeida, Nilza Maria Martinelli

Resumo


As cochonilhas da família Pseudococcidae que infestam as rosetas, e a raiz ou colo da planta do cafeeiro têm sido as mais frequentes nas lavouras, de vários municípios do norte e do sul do estado de São Paulo. Estas cochonilhas causam danos diretos, através da sucção da seiva, debilitando a planta e provocando a queda precoce dos frutos; e indiretos relacionados principalmente a inoculação de substâncias tóxicas, que ocasionam clorose e seca das plantas; e, produção de “honeydew” que propicia o desenvolvimento da fumagina. Os predadores são inimigos naturais, que atuam na regulação destas pragas, podendo ser utilizados em programas de controle biológico. O objetivo deste trabalho foi realizar o levantamento dos predadores associados às cochonilhas da roseta e da raiz de Coffea arabica L., em dois municípios da região da Alta Mogiana - SP. Os insetos predadores foram coletados de forma aleatória sobre plantas infestadas pelas cochonilhas. Nas rosetas foram coletados predadores associados aos pseudococcídeos sobre a cultivar Catuai 99 e Obatã em Franca; e, associados à região do colo da planta, na cultivar Acauã em Cristais Paulista, e na cultivar Obatã em Franca. Amostras foram transportadas em sacos de papel até o Laboratório de Biossistemática de Hemiptera da FCAV/ UNESP, para montagem de lâminas e identificação. Parte das cochonilhas foi separada para alimentação das larvas dos predadores, até a obtenção do adulto, sendo estes mantidos em condições controladas em BOD (T 25 ± 2°C, 12h e UR 65±5%). Obteve-se os predadores Eriopis connexa (Gemar) (Coleoptera: Coccinellidae), e Euborelia sp. (Dermaptera: Anisolabididae) predando D. texensis no colo da planta; e larvas de Chrysoperla externa (Hagen, 1861) (Neuroptera: Chrysopidae) alimentando-se de cochonilhas na roseta, dos gêneros Planococus e Pseudococcus, em Cristais Paulista e em Franca, respectivamente. E. connexa, assim como o gênero Euborelia foram associados pela primeira vez como predadores de D. texensis.

Palavras-chave


cafeicultura, Dysmicoccus texensis, Eriopis connexa, Euborelia sp, Chrisopideo.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.