Compatibilidade in vitro de Beauveria bassiana com fertilizante foliar

Giovani Smaniotto, Joacir do Nascimento, Matheus Henrique Tozzi Guarita Borges, Natália Deloia Danzi, Luiz Paulo Ribeiro Silva, Ricardo Antônio Polanczyk

Resumo


Dentre as principais espécies de fungos entomopatogênicos utilizados no controle microbiano de insetos-pragas, Beauveria bassiana Vuill (Hypocreale: Cordycipitaceae) é característico por apresentar epizootia a inúmeras espécies de insetos. O objetivo deste trabalho foi avaliar a compatibilidade in vitro do isolado IBCB 170 de B. bassiana com um fertilizante foliar. O ensaio foi realizado utilizando três doses (mínima, média e máxima) do fertilizante Crop+®, de acordo com a recomendação do fabricante. O produto foi incorporado ao meio de cultura BDA (Batata-Dextrose-Ágar) quando o mesmo atingiu temperatura entre 40 a 50C. A testemunha foi composta somente pelo meio de cultura sem o fertilizante. Após a solidificação 5,0 μL de solução contendo esporos de B. bassiana foi inoculada no centro da placa. Após 7 dias foi avaliado os parâmetros de crescimento vegetativo e esporulação. A viabilidade de conídios foi avaliada através da técnica de lâmina de microscópio, utilizando meio de cultura contendo as doses do produto recomendadas pelo fabricante. A avaliação foi realizada 24 horas após a inoculação. Com base nesses parâmetros foi avaliada a compatibilidade do fertilizante. O crescimento vegetativo apresentou variação entre as doses utilizadas, sendo o maior crescimento na dose mínima seguido pelas doses media (3,70 cm2) e máxima (2,29 cm2). O número de conídios (esporulação) foi maior na dose mínima (7,97x107), seguido pela dose média (2,43x107) emáxima (1,57x107). Para a viabilidade de conídios, não foi observada diferença para as doses mínima (99,6%) e média (81,4%). Na dose máxima (70,9%) foi constatada a menor viabilidade de conídios. Nas doses mínima e média o fertilizante foliar apresentou compatibilidade com B. bassiana IBCB 170 e na dose máxima apresentou-se como moderadamente tóxico. Assim, recomenda-se o uso associado do fertilizante Crop+® com o isolado de B. bassiana IBCB 170 nas doses mínimas e média.

Palavras-chave


controle microbiano, fungo entompatogênico, toxicidade.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.