Área foliar consumida por Chrysodeixis includens em genótipos de feijoeiro

Lucas Adjuto Ulhoa, Carlos Alessandro de Freitas, Marcelo Mueller de Freitas, Arlindo Leal Boiça Júnior

Resumo


O cultivo do feijoeiro possui grande importância socioeconômica no Brasil. A produtividade brasileira vem sendo afetada pela ocorrência da lagarta-falsa-medideira Chrysodeixis includens (Lepidoptera: Noctuidae). Esta lagarta desfolhadora é polífaga e seus danos reduzem a área fotossintética das plantas. Algumas plantas podem apresentar resistência constitutiva que é um mecanismo de defesa da planta, independentemente de algum estresse causado por um inseto herbívoro. O objetivo deste trabalho será avaliar a expressão de resistência constitutiva de 12 genótipos de feijoeiro através da determinação da área foliar consumida por C. includens. Trifólios dos genótipos foram coletados aleatoriamente de plantas com 25 dias cultivadas em casa de vegetação. Para a determinação da área foliar consumida foram usados discos foliares com diâmetro de 3,0 cm e área aproximadamente de 6,9 cm². Os discos foram distribuídos em arenas de 35 cm de diâmetro forradas com papel filtro umedecido com água deionizada. Duas lagartas de terceiro ínstar de C. includens por genótipo (24 lagartas no total) foram liberadas no centro da arena. Após 24 horas, a área foliar consumida foi determinada por imagens capturadas a partir de um scanner e analisadas através do software ImageJ. O delineamento foi em blocos casualizados com 10 repetições, sendo cada repetição representada por uma arena contendo os 12 genótipos. A seguir a média da área foliar consumida dos genótipos em cm² em ordem decrescente: IAC Sintonia Antigo (2,94), IAC Imperador (2,87), BRS FC 402 (2,61), IAC Sintonia Nova seleção (2,17), DAMA (2,12), Pérola (2,10), BRS Estilo (2,00), ANFC 9 (1,81), IAC 1850 (1,79), IAC Polaco (1,75), BRS MG Madre pérola (1,42) e BRS Sublime (1,34). Pelo teste de Tukey (5%) as médias não tiveram diferença estatística (p = 0,09), porém o genótipo BRS Sublime apresentou a menor área foliar consumida (1,34 cm²), sugerindo que este genótipo expressa maior resistência constitutiva do que os demais.


Palavras-chave


resistência constitutiva, Phaseolus vulgaris, lagarta-falsa-medideira, não preferência para alimentação.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.