Eficiência de Isaria fumosorosea no controle do ácaro da leprose dos citros

Ana Beatriz Piai Kapp, Jaqueline Franciosi Della Vechia, Claudiane Martins da Rocha, Daniel Junior de Andrade

Resumo


O ácaro da leprose dos citros Brevipalpus yothersi Baker (Acari: Tenuipalpidae) é uma importante praga por transmitir o vírus Citrus leprosis virus (CiLV-C), causador da leprose dos citros, principal doença viral da citricultura. O objetivo do estudo foi avaliar a eficiência do fungo Isaria fumosorosea Wize (Hypocreales: Cordycipitaceae) cepa ESALQ 1296 no controle do ácaro B. yothersi. Foram estabelecidos quatro tratamentos em mL de produto comercial por 100 litros de água (p.c. por 100 L), sendo: 1) I. fumosorosea a 100 mL; 2) I. fumosorosea a 200 mL; 3) espirodiclofeno a 20 mL e 4) controle com água deionizada.  Cada tratamento foi repetido cinco vezes. As unidades experimentais foram compostas por folhas de citros preparadas em placas de Petri contendo espuma e algodão hidrófilo. Os tratamentos foram aplicados em torre de Potter, gastando-se 2 mL de calda por aplicação. Após a secagem dos produtos sobre as folhas, 15 fêmeas adultas de B. yothersi foram transferidas para cada unidade experimental, totalizando 75 ácaros por tratamento. Foram realizadas avaliações de sobrevivência aos 1, 2, 5, 7, 8 e 9 dias após a transferência (DAT) e a eficiência dos tratamentos foi calculada. Aos 9 DAT, o tratamento com I. fumosorosea a 100 mL p.c. por 100 L resultou em eficiência de 52,7%. Contudo, o tratamento com I. fumosorosea a 200 mL p.c. por 100 L atingiu eficiência de aproximadamente 50,0% aos 5 DAT e de 90,5% aos 9 DAT. O tratamento com o acaricida espirodiclofeno apresentou eficiência de 50,4% aos 7 DAT e de 92,7% aos 9 DAT. Dessa forma, conclui-se que o fungo I. fumosorosea é patogênico ao ácaro da leprose e possui potencial para controle desta praga nos pomares cítricos.


Palavras-chave


Brevipalpus yothersi, inseticida microbiológico, manejo integrado de pragas.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.