Curvas dose-resposta em espécies de plantas daninhas monocotiledôneas com o uso do herbicida indaziflam

Cintia Cristina de Moura Nogueira, Paulo Vinicius da Silva, Henrique Rodrigues Milagres Viana, Pedro Jacob Christoffoleti, Marcelo Rafael Malargo, Patrícia Andrea Monqueiro

Resumo


O herbicida Indaziflam foi recentemente posicionado como pré-emergente no mercado brasileiro para as culturas do café, citrus e cana-de-açúcar. Esse herbicida apresenta alta eficácia no controle de plantas daninhas monocotiledôneas, entretanto ele pode apresentar variação de dose em detrimento da espécie. O objetivo do presente trabalho foi determinar a curva dose-resposta e as DL 50, 80, 90 e 95 nas espécies de plantas daninhas: Cenchrus echinatus L.; Panicum maximum Jacq.; Digitaria horizontalis Willd; Eleusine indica (L.) Gaertn ; Brachiaria decumbens Stapf; Urochloa plantaginea (Link) R.D. Webster; Sorghum halepense (L.) Persoon e Rottboellia exaltata L.f. Para tal, foi realizado um experimento em casa de vegetação, em delineamento experimental inteiramente casualizado, em esquema fatorial  10x2, sendo dez doses do herbicida Indaziflam  (0 D; 1/16 D; 1/8 D; 1/4 D; 1/2 D; D; 2D; 4D; 8D; 16D), sendo D = 150 g ha-1, e duas  texturas de solo contrastantes. O Indaziflam e suas respectivas doses foram aplicados em pré-emergência. Aos 7, 14, 21, 28, 35, 42 e 49 dias após a emergência das plantas daninhas (DAE) foram realizadas avaliações visuais de controle absoluto. Na última avaliação foi realizada a massa seca da parte aérea. Em relação aos resultados D. Horizontalis; P. maximum; E. indica, apresentaram controle superior a 80% independentemente do solo, a partir da dose de 1/16D. Já as espécies C.echinatus; S. halepense e R. exaltata, apresentaram controle superior a 80% a partir da dose de 1/4 D, para ambos os solos. A espécie de B. decumbens, apresentou controle superior a 80% no solo argiloso e arenoso, a partir da dose de 1/4D. A espécie de U. plantaginea, foi controlada de forma eficiente para ambos os solos na dose comercial do Indaziflam (D=150 g ha-1). Dessa forma as plantas daninhas estudadas, apresentaram diferentes níveis de suscetibilidade ao herbicida Indaziflam, sendo a U. plantaginea a mais sensível.


Palavras-chave


gramíneas, controle, pré-emergente, residual.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.