Interferência e nível de dano econômico de Conyza spp. em cultivar de soja Monsoy 5947 IPRO

Juliano Bortoluzzi Lorenzetti, Leandro Paiola Albrecht, Alfredo Junior Paiola Albrecth, Maikon Tiago Yamada Danilussi, Tamara Thaís Mundt, Arthur Arrobas Martins Barroso

Resumo


A presença de plantas daninhas durante o ciclo de desenvolvimento da soja gera competição por recursos presentes no ambiente e ocasiona redução da produtividade. Conhecer a perda de produtividade é uma forma de é uma forma de melhorar as tomadas de decisão sobre o controle de planta daninhas. Este trabalho teve por objetivo determinar a redução de produtividade ocasionada por populações de buva e obter o nível de dano econômico (NDE). Dois experimentos foram conduzidos por duas safras agrícolas (2016/17 e 2017/18) em áreas comerciais semeadas com cultivar de soja Monsoy 5947. Os ensaios foram conduzidos em delineamento inteiramente casualizado, com oito tratamentos referentes as densidades populacionais de buva (0, 1, 2, 3, 4, 6, 8 e 10 plantas m-2) implantadas 15 dias antes da semeadura da soja, com quatro repetições no ano de 2016/17 e 2017/18. A redução da produtividade foi ajustada por meio de regressão não-linear utilizando-se equação da hipérbole não retangular e determinação do nível de dano econômico. Na safra 2016/17 houve redução da produtividade de 9,35% e 2017/18 de 10,77% por planta daninha. Os valores de NDE variaram de 0,25 a 0,81 plantas m-2 de buva na safra 2016/17 e de 0,22 a 0,70 plantas m-2 na safra seguinte. O acréscimo no valor pago ao produto, bem como o menor custo de controle e aumento da eficiência reduziram os valores de NDE, indicando que deve haver controle com menores populações presentes, da forma que, o inverso destes parâmetros permite o controle da buva em maiores infestações. Frisa-se que com base nos parâmetros estipulados os valores de NDE permaneceram abaixo de 1,0 plantas m-2, indicando alta capacidade da buva em reduzir a produtividade da soja.


Palavras-chave


buva, matocompetição, Glycine max, fleabane, produtividade.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.