Curvas de dose-resposta em espécies de plantas daninhas dicotiledôneas com o uso do herbicida indaziflam

Nagilla Moraes Ribeiro, Paulo Vinicius da Silva, Henrique Rodrigues Milagres Viana, Pedro Jacob Christoffoleti, Patrícia Andrea Monquero

Resumo


O indaziflam é um herbicida pré-emergente, registrado para as culturas da cana, do café, citrus e cana-de-açúcar, por ser um produto relativamente novo, ainda existem duvidas em relação a sua dose correta de aplicação, principalmente no que tange a plantas daninhas dicotiledôneas. O objetivo do presente trabalho foi determinar a curva dose-resposta e as DL 50, 80 90 e 95 para as espécies de plantas daninhas: Mucuna aterrima, Ipomoea hederifolia e Merremia aegyptia. Para tal foi realizado um experimento em casa de vegetação, em delineamento experimental inteiramente casualizado, em esquema fatorial 10 x 2, sendo dez doses do herbicida indaziflam  (0 D; 1/16 D; 1/8 D; 1/4 D; 1/2 D; D; 2D; 4D; 8D; 16D), sendo D = 150 g ha-1, e duas  texturas de solo contrastantes. O indaziflam e suas respectivas doses foram aplicados em pré-emergência. Aos 7, 14, 21, 28, 35, 42 e 49 dias após a emergência das plantas daninhas (DAE) foram realizadas avaliações visuais de controle absoluto, na ultima avaliação foi realizada a massa seca da parte aérea. Em relação a M. aterrima, essa espécie só foi controlada de forma eficiente a partir da dose 8 D, independentemente do tipo de solo, sendo que para essa espécie a DL95 foi de 1347,4 e 1039,4 g. i.a., nos solos argiloso e arenoso, respectivamente. Ipomoea hederifolia foi controlada de forma eficiente, a partir da dose comercial (D=150), com uma DL95 de 150,1 e 107,6, para os solos argilosos e arenosos, respectivamente. Em relação a M. aegyptia na dose 4 D o controle foi de 81 para o solo argiloso e para o solo arenoso o controle só foi superior a 80% a parti da dose de 8D, em relação a DL95 a dose foi de 320,5 para o solo argiloso. Dessa forma as plantas daninhas estudadas, apresentaram diferentes níveis de suscetibilidade ao herbicida indaziflam, sendo que apenas I. hederifolia foi controlada de forma eficiente na dose comercial de indaziflam.

Palavras-chave


controle, pré-emergente, corda-de-viola, mucuna-preta.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.