Bioatividade de óleos essenciais de Cymbopogon citratus, quimiotipos citral e mirceno em estágios imaturos de Trichogramma pretiosum

Renata Ferreira Bandeira, Mireli Trombin de Souza, Michele Trombin de Souza, Tamara Akemi Takahashi, Thaís de Souza, Maria Aparecida Zawadneak

Resumo


Os óleos essenciais (OEs) extraídos das plantas aromáticas têm sido relatados como eficientes no controle de pragas. Suas ações sobre organismos-praga incluem redução da fecundidade e fertilidade, alongamento da duração da fase imatura, além de causarem mortalidade nos diferentes estágios de desenvolvimento. Contudo, estudos que envolvam a seletividade dessas moléculas aos organismos não-alvo são escassos. Desse modo, objetivou-se avaliar os efeitos dos OEs de Cymbopogon citratus (Poaceae) de quimiotipos (QTs) citral e mirceno sobre os parâmetros biológicos em imaturos de Trichogramma pretiosum (Hymenoptera: Trichogrammatidae). Para cada tratamento, foram individualizadas 5 fêmeas acasaladas de T. pretiosum e oferecidos ao parasitismo 100 ovos de Anagasta kuehniella (Zeller) (Lepidoptera: Pyralidae), colados em cartolina azul (0,5×3,0 cm), por um período de 24 h. Posteriormente, os ovos parasitados foram tratados nas soluções de 0,2; 0,4; 0,6; 0,8; 1,0; 1,5; e 2,0% dos OEs, água ou acetona (controles) ao atingirem os estágios ovo-larva (idade de 0-24 h), pré-pupa (72-96 h) e pupa (168-192 h). O ensaio foi conduzido em 25 ± 2ºC, U.R. 70 ± 10% e fotofase de 14h. O delineamento foi inteiramente casualizado com 42 tratamentos (OEs × concentrações × estágios) e 5 repetições, sendo a unidade experimental constituída por um tubo (2×7 cm) contendo 1 fêmea de T. pretiosum e 20 ovos de A. kuehniella. Constatou-se que os QTs citral e mirceno foram levemente nocivos a emergência dos parasitoides de T. pretiosum em todos os estágios (30-79%). Por outro lado, QT mirceno foi inócuo para pré-pupa e pupa (< 30%) e levemente nocivos para ovo-larva (50%). Não houve diferença entre os tratamentos para razão sexual (0,50±0,14) e duração do ciclo biológico (11,7±0,74 dias). Nas condições testadas, o QT mirceno apresenta menor impacto a T. pretiosum e pode ser incluído nos programas de manejo integrado de pragas (MIP).


Palavras-chave


MIP, capim-limão, parasitoide, organismo não-alvo, bioinseticida seletivo.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.