Caracterização de pH, condutividade elétrica e viscosidade de caldas com adjuvantes e herbicidas utilizadas na cultura da cana-de-açúcar

Nelson Henrique de Lima Roque, Dieimisson Paulo Almeida, Ricardo Augusto Decaro, Marcelo da Costa Ferreira

Resumo


Em pulverizações na cultura cana-de-açúcar é frequente o uso de misturas em tanque, o que pode implicar em perda de eficácia dos tratamentos fitossanitários. O trabalho objetivou avaliar as características físico-químicas de caldas herbicidas associadas a adjuvantes, caracterizadas quanto a viscosidade, pH e condutividade. As caldas foram compostas dos herbicidas ametryne (7 L ha-1 ) e clomazone (3,5 L ha-1) e três adjuvantes TA-35 (40 mL 100 L ha-1), Li 700 (125 mL 100 L ha-1 e 500 mL 100 L ha-1) e In-Tec (50 mL 100 L ha-1). O preparo foi realizado com adição primeiro dos adjuvantes (adjuvante + herbicida) em água padrão. Os tratamentos foram alocados em provetas de 500 mL. Logo após foram realizadas agitações por dez vezes (ABNT NBR 13875). Para medição foram utilizados peagâmetro portátil (Kasvi) e condutivímetro de bancada (Quimis, Q-795ª2), previamente calibrados com soluções padrões. Antes da adição do adjuvante os tratamentos com ametryne e clomazone, em associação ou de forma isolada, apresentaram uma faixa de pH entre 7,8 a 8,2. O adjuvante Li-700 reduziu o pH das caldas para a faixa de 4,3 a 4,64, que é próxima à da constante de dissociação (pKa) da ametryne que é de 4,1 pKa. Por se tratar de uma base fraca em meio ácido, pode haver dissociação por ionização do herbicida, o pode ser reforçado pelos maiores valores de condutividade elétrica destas caldas. Verifica-se que a viscosidade das caldas foi maior nos tratamentos envolvendo TA35 + ametryne + clomazone, IN-TEC + ametryne + clomazone, Li700 (500 mL 100 L ha-1) + ametryne + clomazone e Li700 (125 mL 100 L ha-1)+ Ametryne + Clomazone, na faixa de 1,8 a 1,9 . Ao aumentar a viscosidade, o líquido tende a resistir ao alongamento e o aumento da taxa de cisalhamento, com a alteração desses dois fatores as gotas formadas pelas pontas serão mais grossas, ou seja, gotas com diâmetro maior e menor fração de gotas sujeitas à deriva.


Palavras-chave


tecnologia de aplicação, planta daninha, estabilidade, misturas em tanque, características físico-químicas.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.