Lixiviação de imazapic quando aplicado sobre diferentes quantidades de palha e submetido a diferentes períodos de seca

Paulo Henrique Vieira dos Santos, Paulo Vinicius da Silva, Patrícia Andrea Monquero, Edivaldo Domingues Velini, Caio Antonio Carbonari, Pedro Jacob Christoffoleti

Resumo


Na cultura da cana-de-açúcar existem aplicações de herbicidas em épocas secas, úmidas e semiúmidas. Quando posicionados em época seca, o transporte desses fitossanitários no perfil do solo por ser reduzida e/ou afetada, principalmente se aplicados sobre a palha. Desse modo, o objetivo desse trabalho foi avaliar a lixiviação do herbicida imazapic aplicado sobre palha de cana-de-açúcar e diretamente no solo e submetido a diferentes períodos de seca. O experimento foi conduzido em delineamento inteiramente casualizado, em esquema fatorial 4x3x2, com quatro repetições, sendo quatro profundidades do perfil do solo (0-5; 5-10; 10-15; 15-20 cm), três períodos de seca (0, 30 e 60 dias após a aplicação dos tratamentos – DAT) e duas quantidades de palha (0 e 10 t ha-1). O herbicida imazapic (147 g i.a ha-1) foi aplicado no topo de colunas de solo montadas em tubos PVC, e transcorridos os períodos de seca, 30 mm de chuva foi simulado diretamente sobre os tubos. Em seguida, foram coletadas amostras de solo nas profundidades 0 até 20 cm, as quais foram analisadas em HPLC/LS/MS/MS. Foram observadas quantidades decrescentes de herbicida lixiviado à medida que as profundidades se tornavam maiores, encontrando-se 66,45; 20,61; 4,24 e 1,20 ng mL-1 para as profundidades de 0-5; 5-10; 10-15 e 15-20 cm respectivamente. Para períodos de seca, observou-se que para aqueles mais prolongados, a quantidade de herbicida detectado se tornou menor, com 33,88; 24,65 e 10,84 ng mL-1 de herbicida para 0, 30 e 60 DAT de seca. A presença de palha de cana-de-açúcar também influenciou a lixiviação do imazapic, encontrando-se 27,09 e 19,15 ng mL-1 para 0 e 10 t ha-1 de palha, respectivamente. Conclui-se que os diferentes períodos de seca e a presença de palha de cana-de-açúcar afetaram a lixiviação do imazapic ao longo do perfil do solo, tornando-a menor e assim podendo impactar diretamente na eficácia de controle deste herbicida sobre as plantas daninhas.

Palavras-chave


mobilidade, restrição hídrica, retenção.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.