Ocorrência e dinâmica de insetos da família Bostrichidae no horto de plantas medicinais e aromáticas da UFRA, Belém – PA

Alex Felix Dias, Evellyn Garcia Brito, Lizandra Maria Maciel Siqueira, Rafhael Gomes de Souza, Maicon Fernandes Amador, Telma Fátima Vieira Batista

Resumo


A família bostrichidae é caracterizada por pertencer às “coleobrocas”, as quais são importantes espécies de pragas de broca de madeira. No estado do Pará se encontra um amplo uso de plantas medicinais e aromáticas usadas para banhos de ervas, remédios fitoterápicos, misturas aromáticas e repelentes naturais. Dentre essas plantas, encontram-se algumas de porte arbóreo, isso gera um interesse nas possíveis pragas que podem intervir na produção. Em vista disso, objetivou-se prospectar a presença de espécies da família bostrichidae no horto de plantas medicinais e aromáticas da Universidade Federal Rural da Amazônia (UFRA), Belém-PA. O trabalho foi realizado através de coletas em 15 armadilhas tipo pitfall distribuídas aleatoriamente, sendo 5 na área de plantio de ervas, 5 em uma área aberta (ao lado da área de cultivo) e 5 na área onde se encontra as espécies arbóreas, o que totaliza uma área de 130 m x 30 m. Sendo as armadilhas recolhidas 3 dias após a instalação. Depois, as armadilhas foram analisadas no Laboratório de Entomologia da UFRA, e ocorrendo a identificação dos insetos a nível de família. Nos resultados se observou a presença de 13 indivíduos da família de interesse, sendo que houve diferença entre a área de plantio de ervas (2 indivíduos) e de plantio de espécies arbóreas (11 indivíduos). Isso pode ser devido a presença de mais espécies de interesse ao inseto na área com plantas arbóreas. Além disso, a presença mais acentuada de matéria orgânica também tem grande influência nessa incidência. Dessa forma, o monitoramento das coleobrocas em hortos que envolva espécies florestais é de suma importância para que se obtenham informações utilizadas em programas de controle fitossanitário, podendo diminuindo custos de produção por meio da minimização de possíveis danos.


Palavras-chave


coleobrocas, espécies arbóreas, armadilhas tipo pitfall.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.